Post Image
Por Larissa Tavares

7h, o despertador toca. Aperto o botão de soneca. Me levanto e pego o meu smart watch pra ir correr. Ligo meu fone de ouvido com bluetooth pra ouvir uma música ou um podcast. Terminando a corrida, acesso o WhatsApp pra responder as mensagens. Recebo uma notificação do meu jornal digital mostrando as principais notícias do dia. Peço um Uber para ir ao trabalho. Coloco no Waze o trajeto para acompanhar o motorista.

Para alguns de nós essa é a realidade de nossas rotinas. A utilização das novas tecnologias da era digital modificou a forma como vivemos, estudamos, trabalhamos e interagimos. Já repararam o quanto o smartphone faz parte dos hábitos do nosso dia a dia?

Acesso o aplicativo do meu banco pra fazer um pagamento, cujo código de barras já foi copiado de algum outro aplicativo de serviços. Envio o comprovante automaticamente pelo celular. Quando foi a última vez que você foi ao banco?

Nosso comportamento tem sido modificado drasticamente ao longo dos últimos anos e acho que nem nos demos conta do quanto. Embora haja uma posição de privilégio de onde escrevo e com os exemplos citados acima, acredito que essa transformação tem afetado todas as camadas da nossa sociedade, de uma forma ou de outra.

Além do impacto pessoal, no sentido da transformação de nossos hábitos pessoais, a tecnologia definitivamente modificou os processos das empresas. O conceito de transformação digital não é novo. Já faz algum tempo que temos ouvido falar da nova era de transformação digital para empresas como fator decisivo para a vantagem competitiva e para uma gestão mais eficiente. Alguns já falam na era da transformação pós-digital, como sendo mais uma etapa que contempla a aplicação de novas tecnologias, como inteligência artificial e blockchain.

Desde o lançamento do iPhone em 2007, os aplicativos têm ganhado cada vez mais espaço para a execução das tarefas diárias. No âmbito do governo, em função da pandemia, a oferta de serviços digitais por meio de aplicativos torna-se fundamental para viabilizar a efetividade do que se propõe e para fomentar a inclusão digital em todas as camadas da sociedade. O Brasil é o 4º país com mais internautas no mundo e ocupou recentemente, conforme apontado pela ONU, o 20º lugar na disponibilização de serviços digitais para a população devido às iniciativas envolvendo a priorização da transformação digital.

A Sonner tem atuado no desenvolvimento de aplicativos inovadores, que integrados aos sistemas de gestão, viabilizam a entrega de soluções digitais à população. Acreditamos que estas ferramentas são fundamentais para o avanço da digitalização no nosso país, já que cerca de 60% dos acessos a internet é feito apenas pelo celular e, sendo assim, sem que haja a entrega dos serviços digitais através de aplicativos, a penetração das iniciativas que envolvem o governo digital torna-se ineficaz.  

Aqui no blog, já publicamos outros artigos que discutem a importância da digitalização no poder público. Porém, sem que haja a completa integração dos serviços e, principalmente, a acessibilidade, que é feita principalmente através de aplicativos, uma parcela considerável da população não é contemplada, dificultando a inclusão digital, a aproximação com o governo e, consequentemente, o exercício de sua cidadania.

O aplicativo Cidadão Online é a ferramenta que garante a comunicação e interação entre a gestão pública municipal e o cidadão. Durante a pandemia, o Cidadão Online garantiu a segurança dos cidadãos de diversos municípios, que através do app, puderam realizar solicitações, evitando filas e deslocamentos desnecessários.

Além de contribuir para a modernização do atendimento, o Cidadão Online facilita a gestão de processos, gerando mais eficiência para o governo. As opções abrangem várias áreas da administração pública, incluindo a abertura de protocolos e processos de ouvidoria, com inserção de fotos e localização online. Para a saúde, um pacote completo de soluções que abrangem consultas, status de solicitações, visualização de laudos e o cartão cidadão digital. O aplicativo permite ainda que os pais acompanhem a vida escolar do aluno, com o monitor acadêmico e as rotas do transporte escolar.

Para o gestor público, a Sonner disponibiliza o GRP Mobile, o aplicativo que possibilita a gestão de cada setor da administração pública de forma remota e online, acessível de qualquer lugar. O GRP Mobile contempla soluções para a gestão de documentos, almoxarifado web, contracheque, saúde, educação, patrimônio, gestão estratégica e muitas outras funcionalidades que permitem uma gestão completa e eficaz. Destaque para a educação, com o Registro de Aula e chamada online.

O Diário de Aula, acessível no celular para os professores, é mais um dos diferenciais da plataforma de educação da Sonner, um conjunto completo de soluções que inclui um sistema de gestão escolar completamente web e aplicações mobile para pais e alunos.

A transformação digital nas empresas, nos órgãos públicos e na sociedade, como um todo, impulsionou uma mudança comportamental em todos nós. Estas transformações têm contribuído com a disponibilização de informações e com as facilidades que dispomos atualmente para a realização de nossas tarefas, de forma prática, segura e acessível, sempre que preciso, na palma da mão.

https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=54296&sid=11

https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-04/celular-e-o-principal-meio-de-acesso-internet-no-pais

https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/05/31/acesso-internet-exclusivo-no-celular-para-59-pontos-percentuais-no-brasil-mostra-pesquisa.ghtml